Sonhos, Desejos e Expectativas

Como lida com o que ainda não aconteceu? É importante entender o que fazer com o quer que aconteça a ti.

Todos nós, sem exceção, projetamos vontades para o futuro. Desde coisas bem simples e básicas como “O que será que vou comer mais tarde?” a “Vou estudar para ter sucesso na vida”. Há quem tenha necessidades mais simples como “Será que vou comer hoje?” e, infelizmente, é uma realidade com a qual precisamos lidar. Como humanos e pensantes, temos essa constante guerra com o que está por vir. Eu vinha lidando com isso minha vida inteira, de maneira que me fazia muito mal. Se de um lado eu metia os pés pelas mãos tentando adiantar coisas que nem estavam próximas de acontecer, por outro a Ansiedade tomava conta de mim e eu sofria fisicamente com milhões de possibilidades que só existiam dentro de mim. A segunda parte ainda acontece, mas lido melhor com ela hoje em dia.

Há quem diga que o presente não existe. Assim que acabo essa frase, ela já está no passado. Então só há passado e futuro, pois o momento presente é efêmero. Com o resultado das nossas ações podemos ter aprendizados, os quais sempre podemos ter como referência para melhorar ou, no mínimo, não cometer o mesmo erro novamente.

Caos

O futuro é construído desde milionésimo de segundo que acabou de passar, sendo que nossas ações agora têm muito pouco efeito nos próximos segundos, mas podem ter muito efeito a longo prazo, em uma reação em cadeia. No momento presente e bem próximo disso, a realidade é muito concreta e muito pouco mutável, pois há muita coisa pronta, imutável.

Em outras palavras: o que está muito distante do presente é impossível de definir e as ações de hoje podem ecoar até lá modificando muito esse ponto do tempo. O que está próximo do agora é muito pouco mutável, mas as ações que fazemos tem um impacto mais controlado, previsível. É como a entropia na teoria do caos: a desordem que modifica um sistema controlado gera reações em cadeia de maneira que os resultados a longo prazo são imprevisíveis e é impossível retornar ao estado original.

Veja que podemos ter ações que não terão impacto no futuro também, mas que não têm poder para alterar drasticamente a realidade a nossa volta. Mas algumas ações reverberam para um cenário futuro que em nada se parece com o presente.

Como nós, reles humanos, queremos mudar assim o futuro?

Sonhos e Desejos

Não quero ir tão longe quanto muitos filmes e livros já nos mostraram sobre o impacto de uma ação no futuro. Vamos com um pouco mais de pé no chão. Ou não.

Podemos seguramente categorizar algumas das mudanças que desejamos, para nós e nosso entorno, com base no quão distante estão da realidade ou do momento atual. Filhos, no plural, pode ser um sonho para uma pessoa solteira, de pouca idade e sem emprego. Mesmo que as pessoas envolvidas tenham segurança financeira e emocional, pode ainda ser um sonho caso haja alguma deficiência fértil em um deles - e a adoção pode ser um caminho para tirar da gaveta dos devaneios e trazer para um desejo mais próximo e palpável.

Então estou nomeando aqui Sonho como aquilo que queremos, mas não há um caminho concreto de alcançar. Desejos, nesta definição, seriam nossas vontades para as quais há possibilidade de que aconteça no agora. Para fins de explorar o conceito de maneira mais simples, não vou dividi-los mais - embora haja muitas possibilidades.

É muito importante que saibamos colocar nossos Desejos e Sonhos em seus devidos lugares, para que possamos lidar adequadamente com cada um deles. Se um desejo é algo capaz de acontecer agora, podemos nos planejar para que isso aconteça no momento mais oportuno. Temos a situação sob controle.

Sabendo que algo é um sonho, e que queremos realizar, precisamos diminuir a entropia entre o agora e sua realização. Precisamos identificar o quê, neste abismo de possibilidades, que nos aproximará do que almejamos.

Expectativas

Como não nos frustrar com algo que possa estar muito distante? Que tenha muita coisa para acontecer antes? Dependendo do quão longe esse objetivo esteja do agora, seja pelo tempo ou pela diferença do cenário atual, um sentimento de derrota pode tomar conta de nós. E não queremos que isso aconteça, certo?

Então o sonho está em um lugar no qual há muita entropia, diferente do agora, concreto. Por onde devemos começar a construir a realidade que nos permitirá alcançá-lo? Tudo o que há para fazer que está mais próximo do sonho, mais intangível é o mais difícil.

Podemos sempre fazer o que está mais próximo de nós. Mais próximo da situação do hoje. Sem as muitas variáveis que que envolvem algo distante. Se o sonho é de mudar de país, o que pode nos levar até lá? Um trabalho, o conhecimento de outra língua, saber como é este país, ter dinheiro para isso: são algumas coisas que podemos elencar no abismo entre o agora e sua emigração. O que está mais próximo? Podemos começar com viajar até lá e vermos se gostamos de lá.

Aqui entra algo importantíssimo. Entender e lidar com as expectativas. Pois pode ser que conhecer o país aconteça exatamente como espera e então segues com as economias para a mudança e o aprendizado do novo idioma. Mas pode acabar por se decepcionar com o sistema de saúde, ou mesmo com a xenofobia de onde sonhava. E ter feito este passo mais próximo do agora pode te levar a refazer seu sonho: talvez a nação vizinha não sofra dos mesmos males. Se deixasse para fazer isso mais próximo de realizar sua mudança, ou mesmo não ter feito, pode te levar a uma frustração irreparável.

Mudar de planos o mais cedo possível diminui o número de caminhos possíveis, da entropia, que será realizar seu sonho. A cada novo passo que realiza, entre os mais próximos, diminui as incertezas. Se diminuir as possibilidades que estão mais distantes pode ser que se depare com um caminho intransponível, pois não há mais estradas para lá. No exemplo da mudança de país, digamos que comece por um trabalho nesse país e, ao chegar lá, não seja capaz de interagir com a vizinhança ou mesmo sofrer com um possível isolamento e o sonho desmorona completamente.

Mesmo com um desejo, devemos controlar as expectativas. Um carro novo pode se tornar um pesadelo se nos cegarmos. Se não atualizarmos constantemente a possibilidade de realizar agora, podemos nos perder em dívidas, manutenção ou mesmo acidentes. Já falei bastante sobre expectativas em um outro texto. Não conte com o que não existe ainda e tente deixar o mais palpável possível tudo o que te separa do seu desejo ou do seu sonho.

Ressalto que enquanto não o realizar não são somente suas ações que moverão os caminhos até seu objetivo, mas tudo em volta. Uma viagem dos sonhos pode ser interrompida por restrições sanitárias. Um novo telefone pode ficar sem estoque. Um novo emprego pode se esvair por seus dedos por uma palavra fora do lugar. Um novo amor pode não acontecer por não se dar a devida atenção.

Realizando

Conforme for diminuindo o abismo até seu objetivo, terás cada vez mais um melhor vislumbre dele. Possíveis atalhos e armadilhas. Novos desafios podem surgir. Seu destino brilhará mais ou menos conforme avança e pode ser que outros sonhos nasçam e brilhem ainda mais que o inicial. E está tudo bem em tomar um rumo diferente, desde que esteja plenamente ciente do que busca, do que está abrindo mão e se ficará bem a cada passo.

Estar ciente de si, de sua situação e do que busca, é fundamental para todas as áreas da vida. Nos estudos ou trabalho é o que te trará foco e que vai te ajudar no próximo passo. No amor, se estás ciente do seu papel no relacionamento e o que representa a outra pessoa, tenho certeza de que haverá pouco ou nenhum atrito e será uma troca muito saudável. E caso tenhas consciência de si, tenho certeza de que encontrará os melhores caminhos para tudo o deseja. E sonha. E sonhemos, do contrário a vida seria rasa e vazia.


Este é o primeiro de doze textos, os quais estão sendo tecidos cuidadosamente para que possas refletir sobre o ponto fundamental de sua vida: Você! Ao longo dos próximos meses vamos nos aprofundar em questões delicadas, portanto conto com seu apoio, assim como tens o meu, para cuidar de ti. De estar bem consigo. De poder dizer que está melhor do que agora. Que seja um #novoeu!

Licensed under CC BY-NC-SA 4.0
Última atualização em Jan 24, 2022 21:08 UTC
Criado com Hugo
Tema Stack desenvolvido por Jimmy